Share, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Posted in:

Yang Yin



Do movimento das galáxias ao das partículas subatômicas…

Do espiritual invisível ao material que é visível, todos somos governados por essas duas forças que se manifestam em tudo.

Yang é expansão, espiritualização.

Yin é  contração, materialização.

Yang é movimento.

Yin é repouso.

Yang é competitivo, racional, analítico.

Yin é intuitivo, cooperativo, sintético.

Mundos se formam, se transformam e desaparecem movidos pelo positivo e o negativo, o ativo e o passivo.

Aqueles que conhecem essa ordem funcionando dentro e fora de si, são capazes de atingir a saúde e a paz e tomando a iniciativa, liderar as circunstâncias em mutação e com isso lograr o controle da vida.

Na busca de nós mesmos, encontramos presentes essas duas forças. Sem elas não conseguiríamos conviver com o berço e o túmulo, o dia e a noite, a luz e a sombra!

Hatha , Ha – que é o sol.

Tha – que é a lua.

Estes conceitos estão presentes  na filosofia yogue.

Precisamos de ambos.

Homem – mulher, somos um pouco de cada um.

Heráclito denomina-os de “Lei dos opostos”.

Krishna aconselha ao discípulo Arjuna: “Quanto a ti, ó Príncipe, realiza os teus trabalhos na certeza de que o sucesso e o insucesso são bons.” Essa tranqüilidade de espírito chama-se Yoga, o resultado de yang-yin.

 

Texto: Marlene Nardi de Assis

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *